A metade ideal: crônicas sobre os altos e baixos do amor

A metade ideal: crônicas sobre os altos e baixos do amor   Judith Brito

Um olhar bem humorado e reflexivo sobre as várias facetas da vida

A metade ideal reúne crônicas sobre o amor a dois, as paixões, os afetos que nos ligam aos amores antigos e atuais, namorados, filhos, amigos, pais – enfim, todos os queridos que fazem nossa vida valer à pena.

Judith Brito destaca os comportamentos, vínculos e as novas formas de amar e de buscar o amor dos dias atuais, refletindo sobre as mudanças que ocorreram no mundo desde o flerte nas pracinhas do interior à navegação nos sites de encontro, que denomina de footing cibernético.

Fala, em suma, da procura que encetamos a vida inteira por um par que nos complete filtrada por seu olhar crítico e bem humorado. Sua forma espontânea de escrever, expondo as próprias mazelas e atrapalhações, faz a alegria do leitor.

Autora

0,,16326649_404,00Judith Brito nasceu em 1958, em Itatiba, interior de São Paulo. Formou-se em Administração Pública pela FGV-SP e tem mestrado em Ciências Sociais pela PUC-SP. Trabalhou como pesquisadora no Cebrap e no Idesp, e foi professora da FGV-SP. É executiva do Grupo Folha desde 1990 e atualmente leciona na ESPM. Publicou anteriormente os livros Mãe é Mãe e Ah! O Amor, ambos pelo Publifolha.

Leia trechos do livro

“Amar de verdade dá trabalho, exige elaboração, questionamento e, principalmente, prática. Amar é ver o outro como um igual, colocar-se no lugar dele e demonstrar esta atitude cotidianamente.”

  “Dizem que uma mulher não resiste a um homem carente. Concordo e digo mais: muitos deles sabem disso conscientemente e exploram essa nossa predisposição à maternidade postiça.”

  “Para as mais arrojadas e independentes, quando bate o desejo da maternidade, há até a opção de escolher um anônimo espermatozóide para atendê-la e depois desafiar a ordem, criando e sustentando sozinha este filho.”

  “No assunto espiritualidade, eu passo. Como diria Almodóvar, Deus não me agraciou com o dom da fé.”

 

E-book: você pode ler o livro em seu tablet, Ipad ou celular, comprando e baixando o texto direto das livrarias que vendem livros digitais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *