Todos os nomes da cachaça
Messias Cavalcante
392 págs.
ISBN: 9788588193-895
R$ 49,00 / E-book: 22,00

ESGOTADO

Todos os nomes da cachaça

Messias Cavalcante

As marcas: produzida no Brasil ao menos desde a primeira metade do século XV, a cachaça era identificada pelo local onde era produzida, como Cachaça da Bahia, Aguardente de Paraty e Caninha do Ó.Outra maneira de identificá-la era designando-a pelo nome da usina de açúcar, engenhoca de rapadura ou alambique que a produzia. Uma terceira, era quando o nome, ou marca, derivava do nome do seu produtor.

No século XIX a bebida começou a ser comercializada não apenas em barris de madeira, como também em garrafas de vidro. Foi então que alguns produtores tiveram a iniciativa de colar rótulos nos recipientes, identificando o nome e a origem da bebida.

A partir do final da década de 1930, com a obrigatoriedade de sua comercialização em recipientes de até um litro e com o devido rótulo, os nomes das cachaças se multiplicaram, demonstrando a criatividade do brasileiro, bem como o carinho e a estima dedicados a essa “parceira” nos bons e maus momentos.

Os sinônimos: Ao longo do tempo, a cachaça recebeu sinônimos que já ultrapassam a casa dos 2.000, sendo, com certeza, a palavra com mais sinônimos da língua portuguesa e, provavelmente, de qualquer outra língua. Não por acaso alguns dos seus sinônimos caracterizam esta condição, como Senhora dos Mil Nomes e Rainha dos Sinônimos.

 O autor

 Messias S. Cavalcante, Ph.D. em Biologia, nasceu em Andradina/SP, ex-pesquisador do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). Reside atualmente no Sul de Minas Gerais, à beira do Lago de Furnas. É detentor do Guinness Record para a maior coleção de garrafas de cachaças do mundo.


Fone/Fax: (11) 5051-9085
Fone: (11) 5052-9112